TRADUÇÃO: “Por que as músicas pop mais ouvidas não são tão divertidas quanto as de Camila Cabello e Shawn Mendes?”

27 jun 2019

Por que as músicas pop mais ouvidas não são tão divertidas quanto as de Camila Cabello e Shawn Mendes?h

Na fumegante “Señorita”, Cabello e Mendes acabaram com a tendência maçante do pop tedioso de 2019. Todos os outros deveriam fazer anotações.

Quando se trata do cenário pop de 2019, “crise de identidade “ parece ser a ordem do dia. Pesos antigos estão debatendo e novas vozes estão com muita dificuldade para se firmarem com versáteis e vendáveis. Katy Perry e Taylor Swift estão travando uma guerra malsucedida de positividade implacável depois de flertes grosseiros com hip hop, enquanto Post Malone e Khalid continuam a ameaça de se afogar numa cascata tediosa com seus sons angustiantes.

Com exceção de Billie Eilish e atual rei das paradas, Lil Nas X – o último que parece ter definido seu destino como dono de um só sucesso após o lançamento de seu tedioso EP, 7 – o senso de diversão do pop parece ter sido escoado completamente. O produtores parecem estar confundindo o amor da Geração Z por hip-hop e eletrônicos ásperos com amor sério com cara de pedra, resultando em um mercado cheio de músicas que são tristes, anônimas e, o pior de tudo, chatas.

Nem tudo está perdido, no entanto: semana passada, Camila Cabello e Shawn Mendes lançaram a música co-escrita por Charlie XCX, “Señorita”, um dueto fumegante que muda a cara triste do pop de 2019 por algo mais sexy, inteligente e, ainda bem, mais divertida.

Devagar, mas definitivamente, Cabello e Mendes criaram identidade sólidas e fã-bases vorazes nos últimos anos. Cabello é uma cantora Cubano-americana com a voz rouca, que deixou sua posição em Fifth Harmony para seguir carreira solo, enquanto Mendes é uma caso de estrela-do-vine-que-virou-uma-estrela-de-verdade, que naturalmente tomou o posto de adolescente sofrido, com tesão, agressivamente casto e símbolo sexual que foi deixado pelos Jonas Brothers na última década. O par já tinha criados hits juntos (IKWYDLS) e sozinhos (“If I Can’t Have You” e “Stitches”, feitas por Mendes e Cabello fez “Havana”, que dominou as paradas), e os dois cultivaram fãs intensamente dedicados na internet- “Mendesheads” (sim, isso mesmo) e “Camilizers”.

Até este ponto, as respectivas carreiras de Mendes e Cabello têm sido como assistir crianças brincando de se vestir com roupas de adultos. Enquanto Cabello gravou algumas das canções pop mais interessantes e puramente agradáveis ​​dos últimos anos – a incandescente “Never Be The Same” é uma maravilha, e sua excelente colaboração com Mark Ronson “Find U Again” exibe uma versatilidade sorrateira – sempre houve um ar teatral infantil e bobo para suas tentativas de mistério e sex appeal; seus maiores sucessos canalizam uma ânsia por performance através de canções que explodem de emoção e personalidade. Mendes, por outro lado, pode ocasionalmente parecer uma causa perdida; enquanto há um óbvio mérito comercial para uma música tão cativante quanto “Stitches”, cada tentativa sucessiva de parecer um garoto mal-intencionado aparece como cada vez mais puro. Mas “Señorita” é facilmente quente e maravilhosamente leve, uma das primeiras vezes em que Cabello e Mendes parecem adultos sem diminuir a sua juventude ou individualidade. Uma faixa pop latina e arejada, “Señorita” traça o curso de um caso breve e carregado, as letras batendo em um ponto doce de soar sexy sem ser sexual, de flerte sem ser grosseiro, divertida sem ser pateta. O loop de guitarra hipnótica da música aumenta continuamente a tensão, e ouvir Mendes e Cabello parecerem quase intimistas, como ler as mensagens nas DMs de um amigo.
O refrão principal da música “Eu adoro quando você me chama de ‘Señorita’ ” – um duplo sentido que fica bem dentro do cânone de músicas que fetichizam a comunicação telefônica de Charli XCX – é carregado de tensão e alívio, contando várias histórias com uma economia admirável. E enquanto a música é vívida por conta própria, eu seria negligente em não recomendar pelo menos uma visualização no vídeo da música, um pouco de mimos aos fãs, quase incômodo, que se trata de Mendes e Cabello suados agarrando um ao outro.

Liricamente, Cabello, Mendes e seus co-escritores – Charli XCX, Jack Patterson, membro do Clean Bandit, e o co-escritor de Havana, Ali Tamposi, além dos produtores Cashmere Cat, Benny Blanco e Andrew Watt – estão em sua melhor forma. Tem um quê de tensão no flerte despreocupado com os sucessos dos anos 2000, como “Promiscuous”, presente no modo como Cabello e Mendes trocam facilmente as entradas; linhas como “Você diz que somos apenas amigos / Mas os amigos não sabem qual seu sabor”são alegremente descaradas e entregues com um sorriso malicioso. Cabello é charmosa como sempre em “Señorita” e carrega a maior parte da música na parte de trás de sua voz, que tem a capacidade de escorregar da garganta para aerea de um segundo para outro. Mas Mendes também parece surpreendentemente bom; em uma aparente tentativa de igualar a leveza do vocal de Cabello, ele passa grande parte da faixa em um registro superior que é infinitamente mais atraente do que o aceitável, mas que, de outra forma, não merece ser revelado em outras músicas. A música é creditada igualmente a Cabello e Mendes e parece um dueto no sentido mais verdadeiro. É uma pena profunda e vergonhosa que “Señorita” seja uma raridade no pop de primeira linha, quando Cabello e Mendes exibem uma jogabilidade emocionante que seus antepassados ​​raramente ostentam ao lançar uma obscena pantomima romântica como essa. Faz um bom tempo desde que alguém parecia estar se divertindo tanto em sua própria música.

TRADUÇÃO: Camila Cabello e Shawn Mendes em entrevista para a V Magazine:

22 jun 2019

Shawn Mendes e Camila Cabello são o som do verão

Bem a tempo do verão e do single deles, “Señorita”, as maiores estrelas dessa estação agraciam nossa capa digital.

A internet está implorando para que Shawn Mendes e Camila Cabello se juntem. Como duas das maiores estrelas mundiais, que por acaso também são amigos de longa data, o anseio para que eles se tornem a Britney e Justin dessa geração é tanto abundante quanto palpável. Os fãs ficam obcecados com demonstrações públicas de adoração de um para o outro, como depois que os dois se apresentaram (separados) nos GRAMMYs de 2019 – algo que estava na lista conjunta deles desde que eram crianças “cantando músicas do Ed Sheeran no camarim”, tweetou a Camila naquela noite.

Juntar os dois levou quase um ano. O cronograma de uma estrela pop? Louca. Duas? Impossível. Vamos ver o que está na agenda. Manchetes nos dizem que a Camila vai estrelar uma nova e repaginada Cinderella, que gravou “Find U” com Mark Ronson, e está terminando um novo álbum, enquanto Shawn estampa a última campanha da Calvin Klein, faz turnê pelo mundo, e acabou de lançar uma música, “If I Can’t Have You”. Ainda bem, para a multidão de fãs deles, eles estão junto – só não como casal.

Hoje os dois lançam o single feito em conjunto, “Señorita”. O irrefutável hit do verão é um acréscimo ao talento de composição deles, voz, e sexto sentido para o ouro do pop que já garantiu a ambos, Cabello e Mendes, o topo das paradas internacionais. Além disso, também existe a frivolidade sem remorso da música. Sua leveza consciente é uma amostra de onde os dois artistas estão no momento: no topo do mundo, envoltos em talento e um mundo cheio de oportunidades interessantes.

A empolgação é algo que todos nós podemos nos relacionar no verão, mesmo que em uma escala muito menor. Para comemorar “Señorita”, nós fotografamos Cabello e Mendes juntos (antes deles viajarem em direções opostas) e tivemos os dois gigantes do pop falando sobre sua frutífera amizade.

Veja “Señorita” e a entrevista completa abaixo.

Camila Cabello: Você se lembra qual foi sua primeira impressão de mim?

Shawn Mendes: Essa é uma ótima pergunta.

CC: É bom. Lembro-me de pensar que nos conhecemos na turnê de Austin Mahone, e lembro que queria sair com você, mas você estava sempre no ônibus da turnê, apenas aprendendo violão.

SM: Sim, esse sou eu. Eu não falei com ninguém. Você foi a única pessoa que falou comigo. Tipo, você foi o único de todos nessa turnê que diria palavras para mim. Na verdade, acho que se formos ao nosso DM ou algo assim, há uma foto do dia em que nos conhecemos, eu acho.

CC: Eu também me lembro antes de entrar no palco, eu ouvia você [cantando].

SM: Eu também achei que você era louco. Insano.

CC: Eu sou.

SM: Sim, você é. E eu pensei que você estivesse fora de si. Eu estaria no meu ônibus onde ninguém poderia me ver. Eu estaria olhando pela janela e te veria como, voando em uma scooter e pulando e fazendo cambalhotas. Eu ficaria tipo, ela é louca. Feche a janela e vá dormir.

CC: Sim, eu estava ainda mais louco quando criança. Meu nome no Facebook uma vez foi Carla Billaba Billabong Cabello porque eu pensei que era engraçado. Eu era uma dessas pessoas.

SM: Você é louco.

CC: Escrever uma música com alguém é um processo vulnerável, então como você fica mais tímido sobre suas idéias, opiniões, etc. ao escrever com alguém?

SM: Eu acho que você supera isso antes mesmo de entrar na sala.

CC: Você faz?

SM: eu faço.

CC: Você nunca ficou nervoso quando escreveu com alguém?

SM: Sobre como se abrir para eles?

CC: Sim.

SM: Não sobre isso. Eu fico nervoso com isso, eu vou ser uma boa cantora hoje?

CC: Realmente? Isso é tão engraçado.

SM: Sim, mas depois sobre a abertura, estou bem com isso.

CC: Especialmente se eu tenho uma letra que é realmente pessoal, eu fico tipo, “Oh meu Deus, eu não quero dizer isso na frente de cinco pessoas agora”.

SM: Eu literalmente entro e estou tipo, aqui está o acordo, 100% do topo.

CC: Eu acho que me obrigar a fazer isso de qualquer maneira, mas é definitivamente estressante para mim.

SM: Eu realmente confio em compositores. Eu não sei porque confio tanto neles. Eu não deveria confiar neles. Eu digo tudo a eles, gosto demais.

CC: Eu sei. Eu sou o mesmo. Eu literalmente pensei que se alguém estivesse gravando essa conversa, minha vida inteira

SM: Acabou. Tudo.

CC: Sim, com certeza. Mas para mim depende da vibração que alguém está dando. Eu sinto que se você escreve com alguém e eles não são sensíveis, então eu me sinto estranho como “E então isso aconteceu, e então isso aconteceu …”

SM: E eles são como, “Ok, bem, não poderia ser mais simples? Tipo, estamos tentando escrever um sucesso.

CC: Sim, exatamente. Então, eu fico tipo “Woo, shutdown”. Como você avalia o sucesso de um novo single ou grava fora de gráficos e números?

SM: Pessoas na rua. Tipo apenas pessoas. E a vida, como nada para fazer [online]. Se você está andando na rua e alguém diz “Eu amo sua nova música”, isso é uma coisa. Porque acho que qualquer pessoa online pode dizer coisas facilmente. Mas é preciso que alguém realmente goste de dizer pessoalmente.

CC: Eu realmente gosto quando vejo crianças pequenas cantando junto. Como se um fã fosse assim: “Olhe para meu irmão mais novo [cantando]”.

SM: Sim, isso significa que está atingindo um nervo.

CC: Eu acho isso muito legal.

SM: Então, “Señorita”. Eu tive que fazer tudo em espanhol ontem. Foi uma loucura

CC: Woah, eu não ouvi isso.

SM: Eu também não ouvi.

CC: Faça agora mesmo.

SM: Não.

CC: Faça apenas uma linha.

SM: Não, eu nem consigo me lembrar de uma linha.

CC: Ok, alguns detalhes engraçados sobre a música. A música é realmente como oito meses na tomada.

SM: Levei 10 meses para convencer Camila a cantar isso comigo.

CC: Isso é verdade. Meus fãs simplesmente vão me odiar agora.

SM: Oh, eles deveriam.

CC: Eles vão ficar tipo, “Ela é tão estúpida”. Honestamente, é só o momento certo para as coisas acontecerem, eu sinto. Você sabe?

SM: Sim, 100 por cento. Nós também fizemos uma música antes…

CC: Nós queríamos fazer uma música chamada “Eu sei o que você fez no inverno passado” e “Eu sei o que fizemos no outono passado”.

SM: E nossos managers ficaram tipo—

CC: Eles disseram “Não” e nós dissemos “O quê ?!” Nós quase os demitimos. Nós ficamos tipo: “O que você quer dizer? Como isso não é uma boa ideia?

SM: E o “Último Outono” foi uma ideia muito legal.

CC: Foi muito legal. Então nós fizemos a versão de inverno que era como a versão de Game of Thrones.

SM: Sim, Game of Thrones Natalino.

CC: Sim, e depois fizemos a Primavera, que era como flores.

SM: Sim, mas nenhum deles funcionou. Mas “Señorita” foi ótimo. Eu acho que essa é provavelmente a maior antecipação que eu já tive para lançar uma música. Além de “I Know What You Did Last Summer”

CC: Eu sei, eu também. É realmente doido, porque ninguém sabe o que está acontecendo. O que tem sido muito, muito legal, assim nós conseguimos manter um segredo.

SM: Literalmente ninguém tem ideia. As pessoas provavelmente nem pensam que estamos no mesmo lugar no mundo.

CC: Estávamos olhando o vídeo para “I Know What You Did Last Summer” e estávamos há 30 pés de distância.

SM: Louco… Mas agora esse vídeo é basicamente o oposto disso. Nós crescemos um pouco.

CC: Sim, acho que amadurecemos definitivamente. Eu realmente acho que quando tínhamos essa idade, não sabíamos o que estava acontecendo. Nós estávamos tipo, passando por coisas.

SM: Eu não tinha ideia do que estava acontecendo em todos os momentos.

CC: E agora eu sinto que vou lembrar deste momento, ao invés de tipo-

SM: Naquela época. Acho que estávamos apenas fazendo o que estava bem na nossa frente. Agora, estamos tipo: “Ok, isso é desconfortável. Vamos fazer isso por causa disso. Vamos nos forçar porque é difícil. Vamos nos forçar porque é desconfortável. E isso é ótimo. ”

CC: Quais são alguns dos seus objetivos pessoais nos próximos cinco anos? Oh, como você sente que cresceu como pessoa nos últimos cinco anos?

SM: Eu acho que todas as coisas em que eu estava colocando importância eram tão erradas. Como três anos atrás. Como as coisas que eu me preocupava e as coisas que eu estava esperando que as pessoas estavam gostando e apenas estresse desnecessário e ansiedades em coisas que eu não precisava se preocupar … eu costumava ficar tão nervoso e entorpecido sobre tudo.

CC: Eu sei, eu costumava ficar tão nervosa e meio que sofrer com coisas boas antes que eu pensasse “Então, quando eu realmente vou aproveitar a minha vida?”

SM: Você está tocando no Grammy’s – bem, não o Grammy, mas você está tocando alguma coisa, e isso é como um …

CC: Na verdade, essa foi a primeira vez que eu realmente gostei do Grammy.

SM: Eu também, adorei.

CC: E eu literalmente pensei tipo, quer saber? Se isso vai ser o que você faz em 90% do seu tempo, qual é o ponto de ser infeliz?

SM: 100 por cento Então qual é o ponto?

CC: Então não faça isso, bitch.

SM: Eu estava literalmente assim. Eu me sinto como naquela época, nós pensamos, “Oh meu Deus, eu tenho que cantar pela manhã.”

CC: E então eu percebi, qual é o ponto? Eu realmente percebi que as opiniões das pessoas realmente não importam tanto para mim. Como se eles não importassem mais do que minha experiência.

SM: Exatamente, sim.

CC: Isso foi uma coisa tão grande para mim. Eu fiquei tipo, “Ok, eu estou tão nervosa com esta entrevista ou com esta sessão porque eu me importo com o que outras pessoas que eu não conheço, o que elas pensam.” Qual é o ponto? Eu nem sequer os conheço.

SM: Você iria começar a cantar e você pensaria tipo: estou pensando sobre o que as pessoas estão pensando sobre mim; Eu não estou nem pensando em cantar. Como eu estou literalmente 100 por cento só de pensar sobre o que todo mundo está pensando sobre mim e apenas fazendo os movimentos?

CC: O amor-próprio é como “Eu realmente me preocupo com a experiência que estou tendo mais do que o que a outra pessoa pensa de mim”

SM: 100% especialmente quando você é jovem também. Este é o momento em que eu deveria estar me divertindo mais e não me estressando.

CC: Com certeza. Ok, uma última pergunta. O que você gostaria de fazer, não relacionado à música, em sua carreira?

SM: Eu quero abrir uma cafeteria. É tão simples, mas é como—

CC: legal. Eu quero ter um podcast. Eu realmente adoraria fazer um podcast.

SM: Ok, eu também! Eu realmente acho que isso seria incrível.

CC: Eu realmente amo podcasts. Eu nunca pensei que gostaria de fazer isso antes.

SM: Do que você falaria?

CC: Literalmente, eu entrevistaria pessoas assim e apenas perguntar a elas coisas completamente não relacionadas.

SM: Por que não fazemos nada que tenha a ver com música?

CC: Ou como as perguntas que ninguém realmente pede. Tipo: “Qual é o seu maior medo? O que te faz chorar? ”A parte humana que você nunca vê.

SM: “O Humano”, você deveria ligar.

CC: “A Experiência Humana”

SM: Sim, algo assim.

CC: Não é o título do álbum de John Bellion?

SM: Esse é o título dele, mas você deveria-

CC: Eu sinceramente adoro isso, porque eu realmente… tipo, quanto mais eu cresço, eu sempre vejo a superfície do que todo mundo está passando. E isso realmente faz você se sentir muito mais conectado.

SM: Qual é o seu maior medo?

CC: O meu?

SM: Sim.

CC: Eu acho que o meu maior medo na maior parte do tempo é cometer erros. Eu tenho que trabalhar nisso sobre mim mesma. Eu sinto que sempre tenho medo de tomar a decisão errada. E então eu estou apenas paralisada. Então, sinto que tenho que confiar mais, tanto faz.

SM: Nós temos que confiar, mesmo que seja a decisão errada, é a certa, porque isso te ensinou a não fazer isso de novo, o que é a coisa certa – que é a única maneira que isso iria acontecer.

TRADUÇÃO: Camila Cabello e Shawn Mendes para a Clash, uma revista inglesa.

22 jun 2019

O lançamento de ‘Senorita‘, a nova colaboração entre Shawn Mendes e Camila Cabello – uma união carinhosamente conhecida como Shawnmila para seus respectivos seguidores – chega três dias depois que o galã canadense fez a internet derreter, postando um teaser do vídeo em suas redes sociais, mas, como o seu dueto [Camila] atesta, o mundo poderia ter esperado ainda mais para que isso se materializasse.

“A música estava em andamento há muito tempo”, Camila admite em uma ligação transatlântica para o Clash HQ. “Ele havia me enviado a ideia da música nove meses atrás, e nós meio que continuamos indo e voltando nesse meio tempo: ‘Nós estamos fazendo isso!’ E então um de nós dizendo ‘Ok, eu não quero fazer isso, ‘e depois outro falando ‘Não, eu quero fazer agora ‘, e a outra pessoa ficava tipo’ Ah, eu não quero mais fazer isso’”, ela ri.

“Demorou um pouco para que isso viesse a ser concretizado, onde ambos estavam, ‘Ok, vamos fazer isso'”.

Chegando quase quatro anos após os então adolescentes terem colaborado em  ‘I Know What You Did Last Summer’, o primeiro single do relançamento de 2015 do álbum de estréia de Mendes ‘Handwritten’ que viu Cabello se descontraindo de seu trabalho diário na Fifth. Harmony (o grupo feminino que ela saiu em 2016), ‘Senorita’ provavelmente não será uma surpresa para aqueles cujas línguas foram agitadas depois que a dupla foi vista almoçando em Los Angeles no mês passado.
Escrito pela dupla, ao lado de Andrew Watt, Benny Blanco, Ali Tamposa, Charli XCX, Jack Patterson e Cashmere Cat, “Senorita” é um conto apimentado de sedução e encontros provocantes, com um vídeo escaldante que traz à vida o romance vertiginoso de amantes encrencados no calor de Miami, e vê os dois realmente elevando a temperatura enquanto se laçam. “Quando seus lábios me despem, enganchados na minha língua”, eles cantam enquanto se despem em um quarto de hotel, “seu beijo é mortal / não pare”.

É a segunda faixa em um mês lançada pela cubana Camila, com “Find U Again”, sua contribuição para o novo álbum conceito de Mark Ronson, “Late Night Feelings”. Ronson se junta a uma lista telefônica de colaboradores responsivos – que também apresenta Pharrell, Machine Gun Kelly, Quavo, Travis Scott, Diplo, Ryan Tedder e Charli XCX – que cada um conseguiu com sucesso uma resposta única e afetiva de Camila no estúdio e na música.

Mas é em Shawn, ela diz, que ela encontrou o parceiro musical mais instintivo e receptivo.

“É uma das coisas mais naturais do mundo para ele e eu fazermos uma música juntos”, explica a criadora de hits de 22 anos. “Eu acho que eu realmente o conheço há mais tempo na indústria da música – nós estamos na vida um do outro por uns quatro ou cinco anos, e tem sido muito bonito crescer juntos … É realmente um sentimento muito bonito de saber que essa pessoa sempre estará em minha vida, sempre nos amaremos.”

Tendo experimentado simultaneamente uma ascensão vertiginosa à fama e suportado o olhar penetrante do microscópio da mídia – Camila se tornar a artista solo feminina mais escutada do Spotify no final de 2018, quando ela superou um bilhão de peças de seu single latino-americano Havana – os dois se tornaram uma rede de apoio mútuo para manter um semblante de normalidade na vida um do outro.

O vínculo deles, Camila revela, é um refúgio para o qual eles podem recorrer quando o mundo não confiável e sufocante ao redor deles começa a se sentir insuportável.

“Eu nunca tive muitos amigos”, diz ela. “Eu sempre tive algumas pessoas na minha vida em quem confio. Eu sinto que é tão raro encontrar alguém nesta indústria e encontrar uma pessoa dessa qualidade, e eu sinto que Shawn é essa pessoa para mim. Eu só confio nele, e não importa o nível de intensidade que ele tem em torno de sua carreira ou eu tenho, ele é apenas normal, e isso é tão CV e precioso de se encontrar nesta indústria. Para poder sair com alguém e você não se importa que eles sejam Shawn Mendes, entende o que quero dizer? Vocês são apenas pessoas, e isso é definitivamente algo que é raro.”

Saiba mais sobre “Señorita”, nova parceria entre Camila Cabello e Shawn Mendes

21 jun 2019

As estrelas Camila Cabello e o canadense Shawn Mendes, causaram burburinho na internet essa semana ao utillizar as redes sociais para divulgar nova parceria.

Shawn Mendes usou o Instagram para anunciar oficialmente seu novo trabalho com Cabello. A faixa, intitulada Señorita, já está disponível em todas as plataformas, assim como o clipe. O anúncio veio algumas horas depois de Mendes postar um vídeo em que a dupla aparecia quase se beijando. Sem nenhuma legenda, fez com que os fãs começassem a especular sobre uma nova parceria.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Shawn Mendes (@shawnmendes) em

 

O clipe de Señorita traz Camila e Shawn num romance caliente com direito a muita química e coreografia; assista:

Camila Cabello fala sobre redes sociais e seu novo álbum! Confira a matéria traduzida:

18 jun 2019

Na tarde de hoje (18), Camila concedeu entrevista para Cannes Lions festival e falou um pouco sobre o seu novo álbum, e redes sociais. Confira:

SOBRE CD:

Pela primeira vez nesse álbum não é minha imaginação,” a nomeada ao Grammy disse sobre suas canções amorosas em seu próximo disco.

Falando no festival Cannes Lions, ela disse que suas músicas novas estão quase prontas e há mais intimidade do que o álbum “Camila”.

“Quando eu estava trabalhando naquele álbum eu estava em uma pequena bolha, tinha crushes em pessoas platônicas e escrevia sobre eles e não tinha nenhum experiência em me apaixonar. Escrevi ficcionalmente,” disse ela.

“Pela primeira vez, nesse álbum, não é minha imaginação, sou eu escrevendo sobre coisas que estão acontecendo na vida real e há um nível de detalhes e emoções que você percebe que são insubstituíveis. Capturou a essência de quem sou agora. Há muitas histórias à mais para contar dessa vez. Fiquei num estúdio por um tempo e estou pronta para expor minha alma.”

SOBRE REDES SOCIAIS:

A cantora tem uma relação de amor e ódio com as redes sociais, algumas vezes ativa e outras tomando férias mesmo com os fãs implorando para que ela fique mais tempo online.

“Tenho fases em minha vida onde sinto que devo me proteger e focar em mim mesma, e estar presente no que está acontecendo comigo no momento é mais importante,” disse ela.

Um deles é trabalhar no álbum, já que ela acredita que estar ativa nas redes sociais pode afetar seu processo criativo.

“Para mim arte é sacrifício e o que é prioridade. Se isso significa que preciso tirar um tempo para mim, farei,” ela diz adicionando que comentários a afetam em um nível emocional mesmo que sejam negativos ou positivos.

“Na vida as vezes é preciso de um pouco de espaço e também ouvir a podcast Oprah Super Soul aos Domingos.”

A artista nomeada ao Grammy disse que está num modo mais expansivo atualmente já que está se preparando para lançar o CD. E enquanto não revela o som, Camila têm ouvido bastante Paramore, Coldplay e outros artistas do início dos anos 2000.

Saiba sobre “Mi Persona Favorita”, nova parceria de Camila Cabello com Alejandro Sanz

28 mar 2019

Depois de tanta espera, a aguardada parceria entre Alejandro Sanz e Camila finalmente aconteceu! Alejandro divulgou na última terça-feira (19) a tracklist de seu novo álbum, “El Disco”, que contará com participações de alguns artistas, incluindo a Camila, que está na faixa “Mi Persona Favorita”. Em uma recente entrevista durante uma coletiva de imprensa realizada em dezembro no Brasil, Sanz descreveu o vídeo como “f*da”. A colaboração entre Cabello e Sanz, confirmada desde julho do ano passado, teve seu clipe gravado em novembro. O álbum de Alejandro será lançado dia 5 de abril.

“Mi Persona Favorita” trouxe um clipe cheio de histórias de vários casais diferentes, incluindo o casal brasileiro Whindersson Nunes e Luisa Sonza. Já por outro lado, Cabello dedicou a canção para a Sofi, sua irmã. Confira:

“Eu dedico essa música para a minha irmãzinha Sofi, quem é a “minha pessoa favorita”.

View this post on Instagram

En el verano pasado Alejandro me llamó y me preguntó si podía viajar a Miami para hacer una canción juntos para su nuevo album. No es un secreto que he sido su fan toda la vida, y su propuesta me dejó petrificada, y sin poder esperar un minuto más para tomar el primer avión a Miami!!!!!!! 😩😩😩Alejandro, tu música ha sido la banda sonora de la vida de mi familia y de la mía, desde siempre, y ahora tengo el privilegio de llamarte mi amigo y collaborador ( aún no me lo creo!!!!! ). Hacer esta canción contigo ha sido algo muy especial y toda una aventura. Gracias por pensar en mi e invitarme a trabajar juntos!!! Yo le dedico esta canción a mi hermanita Sofi, quien Es “MI PERSONA FAVORITA”!!! Al fin podrán escucharla, yo estoy super emocionada !!!! Este es un momento magico !!! ❤️❤️❤️❤️

A post shared by camila (@camila_cabello) on

A música foi composta por Alejandro Sanz e Camila Cabello! Além disso, é o primeiro lançamento da cantora em 2019!

Por sua vez, Camila está em estúdio gravando seu segundo álbum, ainda sem previsão de estreia.